Me falta um bom livro e cigarros.

É fácil se apaixonar sozinha em minha loucura
A primeira vista um amor
Constantemente a vejo
Em lugares, atalhos de uma vida vã
De certo ela percebeu
Meus olhos, em cima dos seus
E se ela de repente
Voltar o olhar
Até deixo de fumar
Ou tendo deixar...
De todos os lugares
De todos os olhares
De todas as palavras
O vulto dela entre tantos
Me persegue, me...
Engraçado que não sei
Seu nome,
Talvez seja Ana, Clara, Samanta
Ou até mesmo Maria.
Me falta a lúcida coragem
Pra qualquer coisa,
Ou coisa qualquer...
Pra deixar apenas
Um leve sorriso
Antes que eu perca
A ilusão do poema.
Até nas palavras
Que a pouco escrevo
Dedico a ela, que nem sei se existe
Ou se é fruto de uma noite mal dormida
Sem cigarros e sem livros velhos
O pior que tudo passa
Até uma nova tragada
E uma boa leitura...

- Então que venha o novo amor.
Volto logo, vou fumar...

- Ouvindo: Caetano Veloso- Sonhos.

0 Rabiscos de Outros:

Postar um comentário

Ariela Venâncio. Tecnologia do Blogger.

Agora, Aqui !

--------------

"Publicar um texto é um jeito educado de dizer “me empresta seu peito porque a dor não está cabendo só no meu.”

(Tati Bernardi)



De encontro.

Os Viciosos do Circulo.

- Siga-me por email